Prêmio Frei Tito homenageia Irmã Inês pelo trabalho com pessoas em situação de rua

Atendendo requerimento do deputado Renato Roseno (Psol), a Comissão de Direitos Humanos e Cidadania da Assembleia Legislativa realiza, nesta quinta-feira, 10, às 16h, na Praça do Ferreira, a entrega do Prêmio Frei Tito de Alencar de Direitos Humanos à religiosa Inês Barros de Lima, conhecida como Irmã Inês (in memorian).

O requerimento, que foi subscrito pelos deputados Júlio César (Cidadania), Walter Cavalcante (PDT) e Augusta Brito (PCdoB), ressalta que Irmã Inês era carinhosamente chamada de “mãe dos pobres”. “Irmã Inês é uma referência na defesa dos direitos da população em situação de rua. Iniciou trabalhos de alimentação nas praças do centro da Cidade, como Praça do Ferreira e Praça Coração de Jesus”, informa o requerimento.

Também é destaque o trabalho da religiosa na coordenação do Refeitório São Vicente de Paula, desde 2002, no bairro Benfica, local que atende cerca de 100 pessoas desabrigadas diariamente e faz parte do Projeto Globalização da Caridade, onde a pessoa em situação de rua tem acesso à higienização, almoço, formação profissional, incentivo para retorno à família, assistência espiritual, alfabetização e assistência médica com os voluntários da Sociedade Médica São Lucas.

Em 2009, Irmã Inês fundou o Projeto “Novos Céus, Nova Terra”, que atua como expansão do Refeitório São Vicente, acolhendo 20 jovens do sexo masculino dependentes químicos durante o período de oito meses, desenvolvendo estratégias que vão da atenção amorosa e acolhedora ao atendimento médico psiquiátrico e psicológico, para posterior reinserção dos abrigados na sociedade e no mercado de trabalho.

Irmã Inês nasceu na cidade de Quebrangulo, em Alagoas, em 1946, e faleceu no dia 21 de novembro deste ano, “deixando um legado na luta por dignidade e direitos humanos da população em situação de rua, em um grande exemplo de solidariedade humana e amor ao próximo”, enfatiza o deputado Renato Roseno.

Irmã Inês será representada, durante a entrega do Prêmio Frei Tito de Alencar de Direitos Humanos, pela Irmã Vilanneide Ferreira de Souza, da Função Provincial das Filhas da Caridade de São Vicente de Paulo.

Repórter Ceará