Mourão diz que “cabe um processo” contra Geraldo Azevedo, que pede desculpa

O general Hamilton Mourão disse a Andréia Sadi, do G1, que “cabe um processo” contra o cantor Geraldo Azevedo, que o acusou de tê-lo torturado na ditadura militar.

“Cabe um processo, pois o tal Geraldo Azevedo me acusa de tê-lo torturado em 1969. Eu era aluno do Colégio Militar em Porto Alegre. Nunca vi uma mentira tão ridícula. Quanto ao [Fernando] Haddad [que o chamou de torturador, com base na acusação] tem que cuidar com as fake news.”

A assessoria do cantor divulgou nota na qual ele se desculpa “pelo equívoco”:

“No último fim de semana, Geraldo declarou em um show no interior da Bahia que o general Mourão era um dos torturadores da época de suas prisões. No entanto, o vice-presidente do candidato Jair Bolsonaro não estava entre os militares torturadores. Geraldo Azevedo se desculpa pelo transtorno causado por seu equívoco e reafirma sua opinião de que não há espaço, no Brasil de hoje, para a volta de um regime que tem a tortura como política de Estado e que cerceia as liberdades individuais e de imprensa”, diz o texto.

Fonte: O Antagonista

No Responses

  1. Pingback: 메이저바카라 23/06/2020
  2. Pingback: guaranteed ppc 25/06/2020
  3. Pingback: How To Use Wealthy Affiliate 2020 14/07/2020
  4. Pingback: كلمات 23/07/2020
  5. Pingback: axiolabs steroids 29/07/2020
  6. Pingback: top10best.io 06/08/2020
  7. Pingback: Dylan Sellers 15/08/2020
  8. Pingback: CBD Gummies 23/08/2020
  9. Pingback: Vital Flow Review 27/08/2020
  10. Pingback: 63.250.38.81/ 02/09/2020
  11. Pingback: danh de online 07/09/2020
  12. Pingback: Digital transformation consultants 27/11/2020
  13. Pingback: ebony online wigs 09/12/2020
  14. Pingback: 안전공원 16/12/2020
  15. Pingback: photo necklace 11/04/2021
  16. Pingback: sellswatches.com 22/04/2021