Leilão dos aeroportos, envolvendo Juazeiro do Norte, será em 15 de março

Bloco do Nordeste terá valor mínimo de R$ 171 milhões. A previsão é que a outorga total chegue a R$ 1,7 bilhão

O leilão dos três blocos aeroportuários – Nordeste, Sudeste e Centro-Oeste – planejado pelo governo vai acontecer no dia 15 de março de 2019, na Bolsa de Valores de São Paulo, B3.

O valor mínimo de outorga, ou seja, o lance inicial previsto para arrematar os 12 terminais será de R$ 219 milhões, à vista. Ao longo da concessão o valor total da outorga é de R$ 2,1 bilhões. O prazo de concessão será de 30 anos. O investimento previsto para os três blocos, informou o governo, é de R$ 3,5 bilhões.

A mudança para esta rodada de concessões aeroportuárias é que não haverá cobrança de contribuição fixa anual (outorga fixa), somente da parcela variável. Essa contribuição vai considerar a arrecadação de um porcentual sobre a totalidade da receita bruta da futura da concessionária. A cobrança será recolhida anualmente. Assim como ocorreu na rodada anterior de concessões, não há participação da Infraero nas futuras concessões.

Os 12 aeroportos que serão concedidos estão divididos em três blocos: Nordeste, Sudeste e Centro-Oeste. O primeiro inclui os aeroportos do Recife (PE), Maceió (AL), Aracaju (SE), Juazeiro do Norte (CE), João Pessoa e Campina Grande, na Paraíba. Para o leilão, o valor mínimo desse lote será de R$ 171 milhões. A previsão é que a outorga total chegue a R$ 1,7 bilhão (outorga inicial mais arrecadação das outorgas variáveis a serem pagas durante a concessão), a serem pagas anualmente. O investimento estimado é de R$ 2,153 bilhões para todo o bloco.

O Bloco Sudeste é formado pelos terminais de Vitória (ES) e Macaé (RJ) e o valor mínimo de outorga à vista será de R$ 47 milhões. O total será de R$ 435 milhões (outorga inicial mais arrecadação com as outorgas variáveis), com pagamentos anuais. O investimento estimado é de R$ 592 milhões para todo o bloco.

Os quatro aeroportos que compõem o Bloco Centro-Oeste são os de Cuiabá, Sinop, Rondonópolis e Alta Floresta, todos em Mato Grosso. A outorga à vista será de R$ 800 mil e a outorga total será de R$ 9 milhões (outorga inicial mais a estimativa de arrecadação com as outorgas variáveis), a serem pagas anualmente. O investimento estimado é de R$ 771 milhões.

Fonte: Diário do Nordeste

No Responses

  1. Pingback: 메이저카지노 01/07/2020
  2. Pingback: imitation best watches clones 16/07/2020
  3. Pingback: asigo system review 23/07/2020
  4. Pingback: derudio.co.uk 09/08/2020
  5. Pingback: 안전공원 06/10/2020
  6. Pingback: Arcade games for sale 14/10/2020
  7. Pingback: Digital Transformation Consultants 04/11/2020
  8. Pingback: DevOps Consultants 18/11/2020
  9. Pingback: quality repair service 28/11/2020
  10. Pingback: 토토 12/12/2020
  11. Pingback: 똥광 28/12/2020
  12. Pingback: CI CD 12/01/2021
  13. Pingback: Husqvarna SRD17530 manuals 22/01/2021
  14. Pingback: Morehead City plumber 15/02/2021
  15. Pingback: site to buy dumps with pin 06/03/2021
  16. Pingback: microsoft exchange online plan 1 29/06/2021
  17. Pingback: buy golden teacher mushrooms 09/10/2021