Feiras orgânicas mantém os produtores no campo

O velho hábito de ir à feira para comprar frutas, legumes, verduras e outros alimentos tem ganhado um novo aliado no mercado, os alimentos orgânicos ou agroecológicos. Produzidos sem o uso de agrotóxicos, podem ser encontrados com maior frequência em barracas ao ar livre. De acordo com a ferramenta “Mapa de Feiras Orgânicas” do Instituto Brasileiro de Defesa do Consumidor (Idec), 844 delas comercializam esses alimentos em todo o Brasil. No Ceará, são 16 e uma das mais tradicionais é a de Itapipoca, conhecida como a cidade dos três climas. A Feira Agroecológica e Solidária do município conta com 20 produtores, divididos em barracas que vendem, quinzenalmente as quartas-feiras, além de frutas e verduras, castanha, mel, fécula, farinha, doces, temperos e remédios caseiros.

A iniciativa é um incentivo aos pequenos produtores e foi tema de um dos painéis da 4ª etapa do Ciclo de Seminários “Cenários para o Fortalecimento da Agricultura Familiar”, que aconteceu neste fim de semana, no Cetredi de Itapipoca, reunindo cerca de 250 produtores das comunidades dos municípios dos vales do Curu e Aracatiaçu. Essa etapa do Ciclo de Seminários é uma realização do Instituto das Artes da Mesa – L´Atelier, com o patrocínio do Instituto Agropolos e parceria do Cetra (Centro de Estudos do Trabalho e Assessoria ao Trabalhador).

Valorização
“A ideia é valorizar a agricultura familiar, fortalecer a organização dos grupos produtivos e oportunizar a comercialização dos produtos sob a perspectiva da socioeconomia solidária. Assim, reafirmamos a vocação da população rural de viver em equilíbrio virtuoso com a natureza, ao mesmo tempo em que contribui para a segurança alimentar e nutricional, melhorando as condições de vida e as oportunidades de emprego no meio rural”, pontua o organizador da 4ª etapa do Ciclo de Seminários, Adalberto Araújo.
A diferença entre orgânicos ou agroecológicos consiste no modo de cultivo, sendo o orgânico produzido em um sistema de controle permanente, que vai desde a compra da semente até chegar à mão do consumidor. Já os agroecológicos, que trabalham com várias culturas no mesmo local, possuem um controle dos produtores que também não utilizam agrotóxicos, mas não necessitam de selo de certificação.

Fonte: http://www.oestadoce.com.br

No Responses

  1. Pingback: best Passive Income 2020 03/06/2020
  2. Pingback: lo de 30/08/2020
  3. Pingback: huong dan 188bet 31/08/2020
  4. Pingback: w88 21/09/2020
  5. Pingback: bitcoin loophole review 29/09/2020
  6. Pingback: fun88 29/10/2020
  7. Pingback: giải mã giấc mơ thấy máu 05/11/2020
  8. Pingback: nằm mơ thấy em bé gái 07/01/2021
  9. Pingback: WIKA CTH6200 manuals 21/01/2021
  10. Pingback: hack instagram 05/06/2021
  11. Pingback: microsoft exchange 28/06/2021
  12. Pingback: W88.tips 04/07/2021
  13. Pingback: genuine online pharmacy 02/10/2021