Dois suspeitos mortos durante buscas dos responsáveis por execução dos policiais em Fortaleza

Na tarde de ontem, 23, três policiais militares foram assassinados possivelmente por membros de uma das principais facções criminosas que atuam na capital cearense; Secretaria de Segurança concederá coletiva com a imprensa ainda hoje, 24.

Fortaleza voltou a ser atormentada pela ação de bandidos. Na tarde de ontem, 23,  três policiais militares foram assassinados possivelmente por membros de uma das principais facções criminosas que atuam na capital cearense.

Um sargento, um tenente e um subtenente estavam se divertindo em um estabelecimento comercial, bebendo e almoçando, no cruzamento das ruas São Manoel com Padre Arimatéia, no bairro Vila Manoel Sátiro, quando foram mortos por ocupantes de um veículo, que desceram disparando, depois empreendendo fuga. Três homens foram presos.

As vítimas, identificadas como 1º sargento da reserva José Augusto Lima, 2º tenente da reserva Antônio Cezar Oliveira Gomes e subtenente Sanderley Cavalcante Sampaio, foram assassinadas possivelmente em represália pela morte de Thales Constantino, no mesmo bairro do incidente de ontem. Thales, um suposto homicida, pertencia a um grupo criminoso e estava cumprindo pena em regime semiaberto, por isso portava tornozeleira eletrônica.

Constantino estaria diretamente envolvido no homicídio que vitimou outro policial militar, em julho. O Subtenente Juciano de Lima Barbosa foi executado em frente à casa onde morava, no bairro Vila Peri, alvejado com oito tiros. Com a morte de Thales Constantino, teria partido uma ordem do alto escalão da facção criminosa envolvida para que nova ação delituosa partisse contra os órgãos de segurança, como forma de reação. Durante o velório do integrante da organização, o plano foi elaborado e, horas depois, posto em prática.

O caso
Segundo informações da Polícia Militar, as três vítimas estavam aproveitando o dia em um bar, tomando cerveja e almoçando, conversando em uma mesa próxima à calçada, como faziam costumeiramente, quando foram surpreendidos por três elementos fortemente armados. Não se tem ainda uma contagem de quantos disparos foram efetuados, porém relatos dão conta de que mais de 20 estampidos foram ouvidos. Os militares não tiveram chance de defesa. Uma das vítimas ainda tentou correr, mas, cambaleante, tombou a poucos metros do estabelecimento. Os outros dois vieram a óbito onde estavam.

Um quarto elemento aguardava os demais suspeitos em um automóvel Volkswagen Voyage, de cor preta, quando iniciaram a fuga. O quarteto trocou de veículo em seguida, continuando a escapada por meio de um Fiat Palio Weekend, vermelho, abandonando o segundo carro na Rua Cônego de Castro e adentrando em uma localidade conhecida por Favela dos Canos, situada no Parque São José. A essa altura, composições da PM já estavam no encalço dos criminosos.

Houve troca de tiros, enquanto os infratores tentavam fugir saltando muros e correndo pelos telhados das residências da comunidade. Durante a perseguição, dois dos quatro elementos foram abatidos pela Polícia. Um foi a óbito na hora, enquanto o outro chegou a ser socorrido e levado a uma unidade hospitalar da Capital, porém não resistiu aos ferimentos antes mesmo de receber os primeiros atendimentos. Os outros dois homens envolvidos no triplo crime ainda se encontram foragidos, entretanto várias composições seguirão pela área em busca dos elementos restantes.

Notas
O Ministério Público do Ceará (MPCE) emitiu uma nota se solidarizando com os familiares e amigos dos policiais militares executados e explicou que a Procuradoria Geral de Justiça adotará todas as providências possíveis para auxiliar as investigações, levar a julgamento os responsáveis pelo crime e que possui elevados indícios de atentado contra o Estado de Direito dos agentes.
O Sindicato dos Policiais Civis de Carreira do Ceará (Sinpol-CE) também lamentou o ocorrido e convocou a categoria para comparecer ao velório e ao sepultamento das vítimas como forma de mostrar força aos familiares. O Sinpol informou também que espera uma resposta imediata da Secretaria de Segurança com relação aos ataques frequentes às forças de segurança do Estado.

Fonte: www.oestadoce.com.br

No Responses

  1. Pingback: https://www.pasjonisci.pl/ 20/02/2020
  2. Pingback: Dental Training 27/02/2020
  3. Pingback: 조커카지노 03/03/2020
  4. Pingback: 바카라사이트 23/06/2020
  5. Pingback: Replica Watches Montblanc 16/07/2020
  6. Pingback: live result sgp 06/08/2020
  7. Pingback: british dragon quality 19/08/2020
  8. Pingback: Coolsculpting 11/09/2020
  9. Pingback: video transitions videoleap 15/09/2020
  10. Pingback: facebook old design 26/09/2020
  11. Pingback: vivo bot 30/09/2020
  12. Pingback: replica patek philippe calendar 08/12/2020
  13. Pingback: bmo online 13/01/2021
  14. Pingback: replique montre 20/01/2021
  15. Pingback: bandar77 24/01/2021
  16. Pingback: Concrete Depot Fresno 14/02/2021
  17. Pingback: hublot clone 07/04/2021
  18. Pingback: fake rolex watches 14/04/2021
  19. Pingback: DevOps Tools 16/04/2021
  20. Pingback: linh tien song dang to 16/06/2021
  21. Pingback: hack instagram account 23/07/2021
  22. Pingback: look at this website 03/09/2021