Defesa de Lázaro Barbosa pede proteção física e mental em caso de prisão

A documentação foram encaminhados nesta segunda-feira, 21, para análise da juíza Leila Cury.

A defesa de Lázaro Barbosa, 32 anos, pediu a proteção física e mental do assassino em caso de prisão.

Os pedidos são da Defensoria Pública do Distrito Federal e foram encaminhados à Vara de Execuções Penais do DF (VEP-DF).

Segunda o site Metrópoles, a defensora pediu que caso de prisão, ele seja alocado em instalações seguras, se possível, fique em uma cela sozinho no sistema prisional.

A documentação foram encaminhados nesta segunda-feira, 21, para análise da juíza Leila Cury.

Lázaro é procurado há 13 dias por policiais de Goiás e do Distrito Federal. Ele é suspeito de uma chacina em uma chácara em Ceilândia e diversos crimes.

OI