Campanha Ceará sem Drogas completa cinco anos de criação

 

Nesta quinta-feira (31 de janeiro), Dia do Ceará sem Drogas, a campanha idealizada pelo presidente da Assembleia Legislativa do Ceará, deputado Zezinho Albuquerque (PDT), completa cinco anos de existência. Fortaleza foi o primeiro município a receber a mobilização, no ano de 2014.

“Esse grande projeto, que teve a ajuda de todos os senhores deputados, faz com que o jovem pense várias vezes antes de ter curiosidade de experimentar qualquer droga. O número de dependentes é crescente em todo o mundo e, por isso, fazem-se necessária políticas públicas para o assunto”, afirma Zezinho Albuquerque” .

O deputado se considera satisfeito com a evolução da Campanha e pelo compromisso de continuidade da mobilização pela próxima Mesa Diretora da Casa.

EFEITOS DA  CAMPANHA

Mais de 63 mil estudantes foram diretamente beneficiados com a campanha, em 27 edições, realizadas em 25 cidades cearenses. Os jovens ouviram o relato do ex-jogador de futebol e comentarista Walter Casagrande, parceiro da iniciativa, e que foi dependente químico durante muitos anos de sua vida. Casagrande narra toda sua trajetória antes, durante e depois do vício.

Fruto da campanha, foi criado o Fundo Estadual de Políticas sobre Álcool e Outras Drogas. O projeto de iniciativa de Zezinho Albuquerque foi aprovado por unanimidade pelos deputados estaduais e viabilizado pelo então governador Cid Gomes. O objetivo do Fundo é facilitar a captação, o repasse e aplicação de recursos destinados à execução das atividades do Sistema Estadual de Políticas Públicas sobre Drogas. Alguns conselhos municipais sobre drogas também foram criados em municípios que a campanha Ceará sem Drogas percorreu.

Zezinho Albuquerque ressalta ainda outras ações para a juventude realizadas pela Casa do Povo, durante sua gestão à frente da Presidência da Assembleia: o Comitê Cearense pela Prevenção de Homicídios na Adolescência, que recebeu recentemente o prêmio do Unicef pela elaboração do estudo “Trajetórias Interrompidas”, considerado um dos três melhores (esta foi a primeira vez que o Brasil recebeu esse reconhecimento); o projeto O Parlamento e sua História, que, desde o início da sua gestão, contemplou 30 mil alunos de 763 instituições de ensino públicas e privadas.

Destaque ainda para a Lei nº 16.694/18, oriunda do projeto de lei nº 53/2018, de autoria do deputado Joaquim Noronha (PRP), com coautoria do deputado Zezinho Albuquerque. A intenção dos parlamentares foi transformar a data em um marco para a prevenção do uso de entorpecentes e o enfrentamento da dependência química.

“Foram seis anos como presidente da Assembleia, tivemos o prazer de contribuir muito com o crescimento do Estado, olhando verdadeiramente para a nossa juventude de uma forma mais carinhosa e atenciosa. Costumo dizer que tudo passa pela Assembleia. Sou muito grato por esta equipe maravilhosa de funcionários, que fazem, junto com os deputados, este Poder”, ressalta o deputado.

Da Redação/com Assessoria

AL

No Responses

  1. Pingback: Reliant Energy 26/06/2020
  2. Pingback: gallet replica watches 19/07/2020
  3. Pingback: keto review 01/08/2020
  4. Pingback: pengeluaran hk 06/08/2020
  5. Pingback: Raimund plumber 20/08/2020
  6. Pingback: Legal CBD Oil 23/08/2020
  7. Pingback: airport Hotels 24/08/2020
  8. Pingback: Eddie Frenay 07/09/2020
  9. Pingback: kid 25/09/2020
  10. Pingback: is bitcoin loophole safe? 29/09/2020
  11. Pingback: q es bitcoin 30/09/2020
  12. Pingback: witty trades review 30/09/2020
  13. Pingback: Vape juice 30/10/2020
  14. Pingback: 사설토토 25/12/2020
  15. Pingback: Devops solutions 13/02/2021
  16. Pingback: RIMFIRE PISTOLS 14/03/2021
  17. Pingback: 꽃계열 사이트 21/03/2021
  18. Pingback: imitation oem rolex straps.html 23/06/2021
  19. Pingback: microsoft exchange online plan 3 26/06/2021