AL realiza sessão remota e aprecia medidas para minimizar efeitos da Covid

O governador Camilo Santana anunciou, através de transmissão ao vivo em suas redes sociais, mais uma medida social para ajudar as famílias cearenses durante a pandemia. O Governo do Ceará vai comprar 250 mil botijões de gás para entregar às famílias mais vulneráveis do Estado, repetindo a ação de 2020.

“O Governo do Estado vai enviar para cada município o cupom de vale-gás, para que cada cidade entregue às famílias cadastradas nos programas sociais o seu benefício. Essa ação só foi possível com a repetição da parceria da empresa cearense Nacional Gás Butano, que vai fornecer o produto a preço de custo ao Estado, com a distribuição agendada para entre os dias 7 e 9 de abril aos municípios, e os mesmos disponibilizam às famílias cearenses”, explicou Camilo.

Da mesma forma que foi implementada em 2020, a medida de distribuição do vale-gás social é um auxílio às famílias vulneráveis neste momento de Isolamento Social Rígido para enfrentamento ao Coronavírus, seguindo critérios para contempladas as famílias beneficiárias do Cartão Mais Infância; inseridas no Cadastro Único (CadÚnico) e beneficiárias do programa Bolsa Família com renda per capita igual ou inferior a R$ 89,34; e os jovens inseridos no programa Superação.

Medidas de auxílio ao povo cearense

Após anunciar mais uma política social do Governo do Ceará, Camilo Santana listou uma série de medidas implementadas nesta pandemia que auxiliam os setores de Bares, Restaurantes e Alimentação Fora do Lar, incluindo uma sancionada na própria live, que contempla o pagamento de um auxílio emergencial de R$ 1 mil aos trabalhadores desses setores que estão desempregados. “O cadastramento para receber esse auxílio está sendo feito através da secretaria de Turismo, por isso já estou regulamentando a Lei, para que a Setur já possa liberar esses recursos”, disse.

Dentre as ações de apoio às famílias cearenses mais vulneráveis, o governador enumerou que cerca de 493 mil famílias cearenses terão as contas de água zeradas, através da Cagece (famílias de baixa renda que consomem até 10 m³ por mês) e Sistema Sisar (Área Rural); A ampliação de 70 mil para 150 mil famílias beneficiadas com o Cartão Mais Infância Ceará, recebendo um auxílio de R$ 100 mensalmente; Distribuição de 347 mil chips de dados de internet com um pacote de 20GB mensais e 120 mil tablets para alunos da rede pública estadual de ensino, além da distribuição de kits de alimentação; Auxílio Catador, que virou política pública permanente e que concede benefício mensal de ¼ de salário-mínimo aos catadores que atuam na coleta de resíduos sólidos.

Para o setor de eventos, entre os benefícios, está o pagamento de auxílio de R$ 1 mil aos trabalhadores desses setores, e a isenção do IPVA para veículos das empresas do setor, disse, lembrando também que já solicitou ao Conselho Nacional a prorrogação, por mais 90 dias, do prazo para pagamento referentes ao Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) para as empresas cearenses cadastradas no Simples Nacional.

Recorde de leitos

Em todo o Estado, o Governo do Ceará tem aberto diariamente leitos exclusivos para atender pacientes com Covid-19, e já ultrapassou em mais de 1.400 o número que tinha no pico da pandemia em 2020. Atualmente o Ceará conta com um total de 4.456 leitos exclusivos para Covid, sendo 3.264 de enfermaria e mais 1.192 leitos de UTI. No vídeo, Camilo disse que, além da estrutura permanente ampliada, tanto em Fortaleza quanto no Interior, o Estado também está custeando novos Hospitais e Unidade de Campanha, anexos às estruturas dos principais hospitais do Ceará, e falou sobre o Hospital Leonardo Da Vinci.

“Desde o ano passado o Estado adquiriu o Hospital Leonardo da Vinci, que era privado, e agora faz parte da rede pública, e hoje oferece 170 leitos de UTI, e que atende de forma exclusiva pacientes com Covid-19, uma estrutura maior que todos os hospitais privados de Fortaleza juntos”, ressaltou. O governador pontuou que, mesmo com o recorde de leitos, não está sendo suficiente para atender a todos, com registro de pacientes na regulação, em UPAs ou em hospitais de pequeno porte, aguardando transferência. “Estamos enfrentando uma variante mais agressiva do vírus, que tem atingido pessoas mais jovens, inclusive, muitos deles internados e intubados. A demanda tem sido maior que a nossa capacidade, e ainda temos a questão limitante de equipe médica, infelizmente”, alertou Camilo Santana.

Vacinas e Vacinômetro

No vídeo, Camilo falou sobre o 10º lote de vacinas que o Ceará recebeu no último final de semana, mais 182.850 doses de imunizantes contra a Covid-19, sendo 162.600 doses da CoronaVac e 20.250 da Oxford/AstraZeneca. “Como nos outros nove lotes, as doses são distribuídas à Capital e aos municípios do Interior imediatamente, seguindo o plano de logística elaborado pelo Governo do Estado, operacionalizado pela Sesa, de forma proporcional. Com seis rotas de distribuição aérea e duas terrestres, garantindo o envio dos imunizantes para os 184 municípios”, explicou.

O número de vacinas aplicadas pelos municípios é atualizado diariamente no Vacinômetro da Secretaria da Saúde do Ceará (Sesa). Até às 12h dessa segunda-feira (22), o sistema registrou 680.638 doses aplicadas, sendo 489.133 como primeira dose e outras 191.505 em segunda dose.

Oxigênio

Sobre o abastecimento de oxigênio no Estado, que segue sem problemas na rede estadual, Camilo Santana ressaltou que está auxiliando os municípios, comprando, inclusive, oxigênio e repassando às cidades. “Alguns municípios cearenses possuem pequenas unidades de saúde locais que utilizam cilindros de oxigênio em seus leitos, e com essa demanda maior, resolvemos o abastecimento de cilindros de oxigênio em algumas localidades negociando e comprando diretamente da White Martins, que tem uma grande usina de produção de oxigênio no Ceará, no Pecém, e doamos aos municípios”, informou o governador, que falou ainda que a Sesa está fazendo uma grande compra única para abastecer os hospitais e as farmácias dos hospitais com os insumos necessários para atender às unidades de saúde durante a pandemia.

Cuide de quem você ama

Camilo terminou a transmissão agradecendo aos profissionais de saúde por seus esforços e acolhimento aos cearenses. O governador falou também de Fake News, e fez um apelo à população cearense. “Em um momento tão grave como esse, infelizmente ainda existem pessoas que preferem espalhar mentiras. E lembrem-se que tudo que for decidido pelo Estado durante essa pandemia será divulgado aqui nas minhas redes sociais e nos canais oficiais do Governo do Ceará. Nós trabalhamos com um único objetivo, de salvar a vida das pessoas, por isso apoiamos e temos um diálogo permanente com os setores produtivos e da economia cearenses, e nos esforçamos para fazer políticas sociais aos mais vulneráveis. Até que possamos vacinar a todos, vamos praticar o isolamento social, cuide de quem você ama, use máscara, se possível não saia de casa, vamos cumprir as medidas sanitárias para sair dessa situação o quanto antes. E tenho a certeza que vamos sair mais fortes”, finalizou o governador do Ceará.