Todos os vereadores de Fortaleza devem tentar reeleição este ano

Todos os 43 vereadores da Câmara de Fortaleza deverão tentar a reeleição para o Legislativo na eleição de 2020. Os pedidos de licença para articulação em suas bases eleitorais devem aumentar no decorrer do ano. A informação é do Blog do Edison Silva.

O presidente do Cidadania em Fortaleza, vereador Michel Lins, pediu licença para tratar de assuntos particulares na semana passada. De acordo com ele, a ideia é aumentar a atuação nos bairros onde o partido tem mais filiados com potencial de eleição. No lugar de Lins assumiu a suplente Kátia Rodrigues.

Priscila Costa (PRTB), que decidiu não tirar licença maternidade, resolveu se afastar das atividades da Câmara Municipal por até 120 dias para tratar de assuntos pessoais. Em seu lugar assumiu Ana Aracapé. O vereador Casimiro Neto (MDB) chegou a passar um mês de licença, mas retornou à Casa, uma vez que não entrou em acordo com o suplente de seu partido.

Os vereadores Elpídio Nogueira (PDT) e Marta Gonçalves (PL), que atualmente fazem parte da gestão do prefeito Roberto Cláudio, devem retornar em março para o Legislativo Municipal em busca da reeleição para a Câmara.

O vereador Guilherme Sampaio, presidente do PT de Fortaleza, vem sendo sondado por alguns de seus correligionários para ser o nome do grêmio que deve disputar a Prefeitura da Capital cearense. No entanto, a probabilidade maior é a de que a deputada federal Luizianne Lins seja a escolhida em uma eventual disputa interna da legenda.

Nos dias que antecederam o recesso parlamentar do Legislativo de Fortaleza, alguns vereadores subiram à tribuna da Casa para fazer defesa do trabalho de Antônio Henrique (PDT) à frente das atividades da Câmara. Nos bastidores chegou-se, inclusive, a citar o nome do pedetista como possibilidade de ser indicado pelo partido para a disputa majoritária. Henrique, porém, tem intenção de manter-se atuando como legislador.

Repórter Ceará 

Participe, envie sua notícia direto para o nosso Whatsapp.
Powered by