Sem fiscalização, Quixeramobim registra aumento de casos e mortes por Covid-19 com ruas lotadas e lojas abertas

Lojas abertas a meia porta – ou totalmente – e ruas lotadas. Diante do cenário descrito, Quixeramobim, no Sertão Central, vem registrando aumento considerável, nos primeiros 17 dias de junho, em relação ao quadro de disseminação do novo coronavírus. Nesta quarta-feira, 17, conforme boletim divulgado pela Secretaria Municipal da Saúde, o município registra 516 casos confirmados de Covid-19, divididos em 23 óbitos, 202 altas clínicas e 291 pacientes em acompanhamento.

Repórter Ceará realizou levantamento dos dados disponibilizados pela Saúde, de 1º a 17 de junho, e comparou com os dados de 1º a 17 de maio.

De 1º a 17 de junho, foram 193 novos confirmados, sendo 10 óbitos, 81 altas clínicas e 102 pacientes em acompanhamento no período. No mesmo espaço de tempo do mês anterior, foram 115 confirmações, 04 mortes, 45 recuperações e 66 casos ativos da doença.

Os resultados apontam que os primeiros 17 dias de junho representam um crescimento de 67,82%, ou seja, 78 novos casos confirmados de Covid-19 no município, em relação ao período anterior.

Boletins: 1º de maio/17 de maio

Boletins: 1º de junho/17 de junho

Em razão da flexibilização iniciada no dia 1º de junho pelo Governo do Ceará, Quixeramobim está passando pela fase de transição no Plano de Retomada das Atividades Econômicas e Comportamentais, onde é permitido o funcionamento, ainda que reduzido, de 17 setores.

Mesmo com os números em ascendência, nas últimas semanas, as ruas da cidade têm apresentado lotação como em dias de pré-pandemia e há registros de lojas abertas que não integram o período de transição. Tudo isso, somado com a falta de fiscalização, que compete à Prefeitura de Quixeramobim.

Em relação aos testes, conforme dados do IntegraSUS atualizados às 18h16, Quixeramobim está em terceiro lugar na região do Sertão Central, tendo realizado apenas 1.308, enquanto Canindé realizou 2.351 e Quixadá, 2.834.

Conforme o Governo do Estado, Fortaleza continua apresentando redução no número de casos, mortes, ocupação de leitos e atendimentos por Covid-19, enquanto o Interior do Ceará tem mostrado tendência no aumento da propagação do vírus.

Repórter Ceará (Foto: Augusto Alves/SMC)

Participe, envie sua notícia direto para o nosso Whatsapp.
Powered by