Projeto que altera idade máxima de ingresso na PM é tema de audiência

A Assembleia Legislativa, por meio da Comissão de Trabalho, Administração e Serviço Público, realiza, nesta quinta-feira (31/10), às 15h30, audiência pública para debater a mudança da idade máxima de ingresso na Polícia e Corpo de Bombeiros Militar do Ceará de 30 para 35 anos. O debate atende requerimento do deputado Soldado Noelio (Pros), autor de projeto de indicação que prevê a mudança.

A proposição 23/19 foi aprovada em junho deste ano pelo Plenário da Casa. De acordo com Soldado Noelio, o projeto objetiva modificar o Estatuto da Polícia Militar do Ceará para tornar as regras para acesso ao serviço público mais democráticas.

O deputado argumenta que outros estados têm aumentado a idade mínima para 35 anos, 11 meses e 29 dias, como Rio de Janeiro, Alagoas, Amazonas, Bahia, Mato Grosso, Sergipe e Roraima. “A importância do projeto é óbvia, não só devido ao aumento da expectativa de vida da população que vem gerando repercussões, inclusive previdenciárias, mas também por conta do grau de dificuldade e critérios avaliados em todas as etapas do concurso, que por si só já torna apto a exercer as atribuições que o cargo demanda”, explica.

Entre os convidados estão o diretor-presidente da Associação de Praças da Polícia Militar e Corpo de Bombeiros Militar do Ceará, Pedro Queiroz da Silva; o presidente da Associação de Praças Militares do Ceará, sargento Clébio Eliziano Queiroz, e o presidente da Associação dos Profissionais de Segurança, sargento Reginauro Sousa Nascimento.

LV/LF

Participe, envie sua notícia direto para o nosso Whatsapp.
Powered by