Presidente do Banco do Brasil renuncia e ministro da economia indica Eduardo Dacache

Depois de algumas mudanças no Banco, André Brandão entrega cargo nesta quinta-feira, 18, após ser pressionado pés conta da reestruturação na instituição. O executivo deixará a posição até 1º de abril.

Em nota, o BB se manifestou: “O Banco do Brasil (BB) comunica que o Sr. André Guilherme Brandão entregou, nesta data, ao Exmo. Sr. Presidente da República, Jair Messias Bolsonaro, ao Exmo. Ministro da Economia, Paulo Roberto Nunes Guedes, e ao Ilmo. Presidente do Conselho de Administração do Banco do Brasil, Hélio Lima Magalhães pedido de renúncia ao cargo de presidente do BB, com efeitos a partir de 01 de abril de 2021”.

Ministro da Economia, Paulo Guedes, indicou para o cargo o atual diretor da BB Administradora de Consórsios, Fausto de Andrade Ribeiro. 

Entenda o casa:

Bolsonaro já estava de olho na Érica desde janeiro, quando Brandão anunciou um plano de reestruturação do banco, com o fechamento de 361 agências em vários municípios  e programa de demissão voluntária.

O presidente foi alterado de que  a União poderia ser responsabilizada por acionistas minoritários se houvesse prejuízo na instituição.

OI

Participe, envie sua notícia direto para o nosso Whatsapp.
Powered by