Prefeito de Mauriti desiste de concorrer à reeleição e o de Aquiraz deve seguir mesmo rumo

Após desistência do prefeito de Mauriti, Mano Morais, à reeleição, anunciada hoje (3) no programa de rádio Ceará News, transmitido pela rede Plus FM, outro prefeito deve renunciar à reeleição: Edson Sá, de Aquiraz.

O Tribunal de Contas da União (TCU) não emite certidão negativa para Edson Sá, assim ele se torna ficha suja e fica inelegível. O gestor deve desistir e apoiar outro candidato.

Esse é mais um problema para o PDT do senador Cid Gomes. Azar de Igor Pinho, filho do secretário de Turismo, Arialdo Pinho, que queria ser seu vice.

Diante do impasse, Edson pode lançar candidatura sua filha Leka Sá.

Confira documentos

CN7

Mauriti