Polícia prende casal furtando plantas em Caucaia

A Polícia Militar prendeu no domingo (4) um casal flagrado por câmeras de monitoramento furtando vasos de plantas da calçada de uma casa em Caucaia, na Região Metropolitana de Fortaleza (RMF). Conforme a polícia, os jarros seriam vendidos pelos suspeitos.

Nas imagens, registradas no sábado (3), é possível ver o casal furtando inicialmente dois vasos de plantas e colocando-os no banco traseiro de um automóvel.Um dos suspeitos volta à calçada para pegar outro jarro. Logo após, a dupla foge.

A Polícia Militar afirma que o casal foi detido no dia seguinte ao furto, quando os PMs identificaram o carro utilizado no furto. Ao ser dada ordem de parada, o motorista confessou o crime e encaminhou os policiais até à própria residência, onde estavam os vasos.

Na casa, os policiais detiveram ainda a mulher que também aparecia nas imagens cometendo o delito. Em seguida, os dois foram levados para a Delegacia Metropolitana de Caucaia, onde foram autuados por furto e liberados em seguida, por não haver flagrante.

A Secretaria da Segurança Pública informou que o caso segue sob investigação da Polícia Civil.

Segundo a Polícia Militar, a principal suspeita sobre o furto dos vasos de plantas é a comercialização dos mesmos. O casal utilizava o carro também para praticar crimes semelhantes.

A proprietária dos vasos, que não quis se identificar, afirmou que ficou perplexa com o crime peculiar e tratou de realocar os outros jarros de plantas para o interior do imóvel: “Notei que faltavam cinco jarros. Aí fui ver as filmagens. Eu nunca tinha visto isso. Peguei até as plantas mais caras e coloquei dentro de casa. A gente não pode colocar nada na calçada porque pode haver roubo”.

Um outro furto de plantas foi registrado em 23 de setembro, no Bairro Sapiranga, em Fortaleza. Na ocasião, uma dupla arrancou da calçada de uma casa duas palmeiras que foram avaliadas pelo proprietário em R$ 250 cada.

O dono do imóvel percebeu o crime quando saiu de casa pela manhã para ir à academia. A SSPDS informou que o 26º Distrito Policial, da Polícia Civil, investiga o caso.

JM

Participe, envie sua notícia direto para o nosso Whatsapp.
Powered by