Pentecoste: Mesmo boicotado,Vereador Allan Galvão (PSB) propõe medidas de fiscalização mais intensas

A cidade de Pentecoste, localizada a 93,32 km de Fortaleza, vive a mesma tensão provocada pela Covid-19 exigindo dos representantes públicos comprometimento e iniciativas.

Devido os avanços da Pandemia o município foi agraciado com recursos federais importantes para a composição de políticas públicas necessárias para minimizar o número de infectados na cidade.

O Vereador Allan Galvão (PSB), atento à aplicação desses valores, solicitou do Poder Legislativo, através de Requerimento, a criação Comissão de Investigação – COVID, visando a fiscalização dos atos administrativos da gestão.

A peça legislativa, produzida com embasamento na Constituição Federal, não foi sequer lida em plenário pelo Presidente da Câmara Municipal, Vereador Roberto Leite (PDT), causando espanto e desconforto entre os parlamentares e na própria sociedade de Pentecoste que reagiu com indignação.

Na mesma temática Allan Galvão, apresentou Projeto de Resolução criando a Frente Parlamentar de Enfrentamento de Crises e Assuntos Relevantes – FPECR, onde a temática principal é criar fiscalização dos recursos em loco, direto nas secretarias contempladas, e ainda, propondo iniciativas para a satisfatória aplicação dos valores.

Vale ressaltar que o Poder Legislativo de um município representa a vontade popular orientada pelo voto direto, ou seja, a independência da Câmara deve ser defendida a todo custo.

Este principio parece não ser levado a sério pelo atual presidente da Câmara Vereador Roberto Leite (PDT).

Da redação.

Participe, envie sua notícia direto para o nosso Whatsapp.
Powered by