Mulher de 103 anos se cura do novo coronavírus na China

Uma mulher de 103 anos se tornou a pessoa mais velha do mundo a ser curada do novo coronavírus e voltar para casa, após uma rápida recuperação, informa o jornal britânico The Independent.

Zhang Guangfen é uma exceção, já que o Covid-19 ataca principalmente pessoas mais idosas, portadoras de outras doenças.

Ela foi tratada por um período de seis dias no hospital em Wuhan, cidade chinesa que virou o epicentro da epidemia na China continental.

Zhang foi diagnosticada no dia 1º de março. Ela estava em condição crítica. As enfermeiras se revezavam para se alimentá-la.

Foi o segundo caso de centenário que se curou do novo coronavírus. Um homem de 101 anos também conseguiu se recurar em Wuhan, mesmo tempo Alzheimer, hipertenção e insuficiência cardíaca.

João Paulo Monteiro – Diário do Nordeste

Participe, envie sua notícia direto para o nosso Whatsapp.
Powered by