Moro diz que Bolsonaro mentiu

O ex-ministro Sérgio Moro usou suas redes sociais logo após a coletiva do presidente da República Jair Bolsonaro nesta sexta-feira, 24, para esclarecer as acusações feitas contra ele.

Segundo Moro, a permanência do diretor geral da Polícia Federal não foi utilizada como moeda de troca para minha nomeação para  Supremo Tribunal Federal (STF). “Se fosse esse o meu objetivo, teria concordado ontem com a substituição do diretor-geral da PF”, publicou o ex-ministro. 

Já em relação a declaração do presidente em Maurício Leite Valeixo, em que ele estava cansado e queria sair, Moro disse a história é outra. ” Na verdade,  Valeixo estava cansado de ser assediado pelo presidente da República para ser substituído. Mas, ontem, não houve qualquer pedido de demissão, nem o decreto de exoneração passou por mim ou me foi informado”, afirmou o ex-juiz federal.

Fonte: O intrigante

Participe, envie sua notícia direto para o nosso Whatsapp.
Powered by