Ministro da Saúde reconhece agravamento dos casos de coronavírus nos últimos dias

O Brasil já atingiu 5 mil e 17 mortos pelo novo coronavírus, um aumento recorde de 474 casos, em 24 horas, de acordo com dados do Ministério da Saúde, divulgados nessa terça-feira (28). O número de contaminados nesse período aumentou para 71.886, um crescimento de 5.385 casos. A mortalidade é de quase 7% dos casos confirmados.

O Brasil é o 9º país do mundo em número de mortes, e ultrapassou a China, aonde o vírus foi detectado.

São Paulo continua com o maior registro de mortes, com 2.049; seguido do Rio de Janeiro, com 738;  Pernambuco, 508; Ceará, 403 e o Amazonas, com 351 óbitos.

O ministro da Saúde, Nelson Teich, afirmou que a situação vem se agravando com o crescimento do número de casos.

Para o secretário de Vigilância de Saúde, Wanderson Oliveira, a situação mais preocupante está nos estados de São Paulo, Rio de Janeiro, Ceará, Pernambuco e Amazonas. 
                                                                             
O Ministério da Saúde lançou novo edital para locação de mais 2 mil leitos de UTI de instalação rápida para auxiliar os estados no tratamento de pacientes graves para a Covid-19.

O governo já havia realizado contratos emergenciais para locação de mil leitos em fevereiro, mas os fornecedores não apresentaram propostas para o total previsto.

Já foram locados 540 leitos de UTI volantes. 350 leitos já foram entregues em 11 estados. Outros 190 leitos ainda serão entregues.
                                                                                 
Segundo dados da Universidade Estadunidense John Hopkins, no mundo, já são mais de 3 milhões de contaminados pelo coronavírus e mais 215 mil mortes. Os Estados Unidos lideram, com mais de 58 mil mortes, seguidos da Itália, 27 mil e da Espanha e França com 23 mil.

Ouça o Repórter Nacional7h, desta quarta-feira (29):

Fonte: Agência Brasil

Participe, envie sua notícia direto para o nosso Whatsapp.
Powered by