Idosos que participam de projeto dos Bombeiros nas praças recebem quase 3.500 kits do Governo do Ceará

Chegar à terceira idade com saúde, disposição e alegria é o que muitos buscam durante sua vida. Iniciativas que incentivam a prática de atividades físicas acabam elevando a autoestima desses cidadãos e, consequentemente, contribuindo para uma vida mais saudável. Um desses instrumentos é o Projeto Saúde, Bombeiros e Sociedade (PSBS), desenvolvido pelo Corpo de Bombeiros Militar do Ceará (CBMCE) desde 2003 com o objetivo, entre outros, de executar atividades voltadas ao bem-estar, especialmente, de pessoas idosas, por meio da integração social e prática de atividades físicas. A ação ganhou um incentivo extra do Governo do Ceará, nesta terça-feira (17), em Fortaleza, com a entrega de 3.495 kits para idosos que participam dos vários núcleos espalhados pelo estado. Cada kit possui dois halteres, uma toalha de mão, um colchonete para ginástica, uma squeeze e uma bolsa.

Para a vice-governador Izolda Cela, que participou da entrega dos kits representando o governador Camilo Santana, esse trabalho é um exemplo do que políticas públicas podem fazer de bem junto à população. “Esse programa é uma ação que vem se desenvolvendo há muito tempo. Começou pelos bem-intencionados e aí chegou o momento em que o Governo entrou para dar mais estrutura, transformar em lei. É um programa que movimenta senhoras e senhores nas comunidades trazendo saúde pelo movimento, convivência, integração, ações comunitárias de solidariedade. Tudo isso tem uma repercussão positiva para a sociedade. A gente só vai ter uma cidade bem segura do jeito que desejamos quando nós tivermos a multiplicação das pessoas que fortalecem a comunidade”, destacou Izolda, que reconheceu ainda o papel social da iniciativa.

O PSBS atende, atualmente, mais de 23 mil pessoas em 37 municípios cearenses. Ao todo, são 359 núcleos do projeto nas cidades contempladas, sendo 77 na Região Metropolitana de Fortaleza, outros 77 no interior do estado e mais 205 só na capital. Todos são cadastrados no Centro de Treinamento e Desenvolvimento Humano do CBMCE. Os kits entregues hoje foram adquiridos pela Secretaria da Proteção Social, Justiça, Cidadania, Mulheres e Direitos Humanos (SPS).

Além de levar saúde e autoestima para as pessoas, o projeto tem atuação também no trabalho do Estado no combate à criminalidade, de acordo com o secretário da Segurança Pública e Defesa Social, André Costa. “O Corpo de Bombeiros tem essa grande função também, que é o trabalho ligado à área social, e a gente sabe o impacto que isso tem. O Ceará vem fechando o ano com o menor índice de crimes violentos de toda uma década, mas a gente sabe que só o trabalho policial e do sistema penitenciário não são suficientes. Precisamos de outras ações também e essas na área de prevenção têm um impacto para dar sustentabilidade a essa redução. No estado já são 23 mil pessoas cadastradas, são senhoras e senhores provedores de sua casa, que criam entre si esses laços, essa liga, e é isso que a gente precisa. É através dessas pessoas que seus filhos e netos também criam essa união e a gente fortalece a comunidade para dar sustentabilidade a essa redução de criminalidade, desenvolvendo uma cultura de solidariedade e paz. Isso também traz um grande impacto para a segurança pública”, enaltece o gestor.

Alegria e diversão na terceira idade

Ocupar as horas vagas durante a terceira idade com uma programação divertida e que traga saúde é um desafio para muitas pessoas que chegam à terceira idade. Para a dona de casa Lúcia Melquíades, de 54 anos, que já participa do projeto há cinco anos, seu dia a dia é outro depois que começou a integrar três núcleos próximos à sua residência. “Minha vida mudou muito depois que comecei a participar do projeto. Vou dois dias em cada projeto. Já levei para participar minha sogra e uma amiga. Tem muita gente que não gosta de fazer uma atividade física, mas recomendo conhecer o projeto para mudar de opinião”, sugeriu a senhora.

Para o comandante-geral do CBMCE, coronel Eduardo Holanda, o projeto é responsável por resgatar muitas vidas. “Pessoas que estavam depressivas em suas casas, sem alegria de viver, a partir do momento que tiveram a oportunidade de interagir umas com as outras, mudaram. Hoje, o clima é de alegria, de resgate das vidas. A gente fica muito feliz dos Bombeiros participarem disso. A corporação foi criada para apagar incêndios, mas o Corpo de Bombeiros do Ceará entende que muito mais que apagar incêndios a gente pode propagar vidas, e os nossos projetos sociais, através de cada um de vocês, é uma forma de a gente dizer ‘sim, salvamos vidas, mas não só na emergência’, e vocês são a prova viva disso”, pontuou o comandante.

À frente do Projeto Saúde, Bombeiros e Sociedade, o tenente-coronel Barreto resumiu o sentimento da corporação ao levar para milhares de pessoas a alegria de viver e se exercitar. “Hoje, temos mais de 23 mil pessoas cadastradas no nosso projeto e a tendência é aumentar cada vez mais, porque o que os Bombeiros levam a cada um de vocês é alegria, paz e, principalmente, a saúde que a gente tem que ter. Sem saúde ninguém estaria aqui. Para nós, é mais do que uma alegria poder estar presente hoje celebrando a vida, a paz, a união e, consequentemente, a nossa amizade”, comentou.

No Responses

  1. Pingback: https://top10best.io/ 05/08/2020
  2. Pingback: Mar Menowitz 17/08/2020
  3. Pingback: 먹튀검증 21/08/2020
  4. Pingback: huong dan 188bet 31/08/2020
  5. Pingback: 63.250.38.81 01/09/2020
  6. Pingback: danh lo de 01/09/2020
  7. Pingback: imitation Womens Watch Watches 02/09/2020
  8. Pingback: immediate edge review 29/09/2020
  9. Pingback: blazing trader 30/09/2020
  10. Pingback: denniscarpetdirectflooring.com 19/10/2020
Participe, envie sua notícia direto para o nosso Whatsapp.
Powered by