Hospital Municipal mais do que triplica procedimentos após melhorias

Principal equipamento da rede pública de saúde de Caucaia, o Hospital Municipal Dr. Abelardo Gadelha da Rocha passou nos últimos três anos por diversas intervenções estruturais e implementação de novas rotinas e projetos que já resultam em melhorias nos índices da unidade.

Em comparação com 2016, o ano passado apresentou aumento de 210% no total de procedimentos realizados. Foram 1.575.910 registros em 2019 e 508.262 quatro anos atrás. “Desde janeiro de 2017, nós investimos de maneira intensiva, reformamos, ampliamos, abrimos leitos, contratamos profissionais, alteramos rotinas… E a população sentiu a melhora no atendimento”, afirma o prefeito Naumi Amorim.

A reforma eletro-hidráulica do setor de traumatologia e a ampliação do setor de emergência e do espaço administrativo estão entre as melhorias implementadas pela atual gestão. Além disso, houve a aquisição de aparelho de raio-x e a abertura de 26 leitos, aumentando a quantidade para 114.

Os próximos planos de reestruturação do Municipal serão a criação de mais dez leitos de UTI, a aquisição de mais equipamentos para as duas novas salas de cirurgia e a criação de leitos de retaguarda. “Queremos aumentar não só os leitos, mas ampliar ainda mais as cirurgias eletivas”, revela o secretário municipal de Saúde, Moacir Soares.

A diretora do Hospital atribui o aumento dos procedimentos ao amplo investimento feito pela Prefeitura em profissionais. “Principalmente na categoria médica. Eram somente dois médicos para toda a unidade. Temos hoje de oito a nove médicos por dia. A presença destes médicos aumentou a credibilidade da população nos serviços oferecidos pelo Hospital. Hoje, todo caucaiense sabe que quando chegar aqui terá médico para ser atendido”, finaliza a gestora, enfermeira Ademária Timóteo.

Entre diversos tipos de procedimentos realizados pelo Hospital de Urgência e Emergência, a administração de medicamentos foi o mais registrado em 2019, com um total de 944.591 procedimentos. Em seguida, os exames laboratoriais, com 399.767 exames realizados.

Em 2016, a administração de medicamentos em pacientes também foi o procedimento mais registrado, mas com uma quantidade bem menor do que em 2019: apenas 233.843. Em seguida, aparecem os exames laboratoriais – com 89.852 procedimentos realizados.

ASCOM/Redação

Participe, envie sua notícia direto para o nosso Whatsapp.
Powered by