Fortaleza: População de rua só cresce na capital

O coronavírus impulsionou um fenômeno social em Fortaleza, a crescente aglomeração de pessoa sem uma lar, caracterizando população de rua.

Antes as concentrações poderiam ser facilmente observadas no centro da cidade nas imediações da Praça do Ferreira até a Praça José de Alencar. O que se percebe agora é um avanço significativo de pessoas que vivem sem amparo social, por parte do Poder Público, em vários bairros de Fortaleza.

A Gestão pública em Fortaleza possui uma coordenadoria de apoio ao povo de rua, mas as ações não atendem a gigantesca demanda social.

Da redação.

Participe, envie sua notícia direto para o nosso Whatsapp.
Powered by