Fake news prejudicam combate ao coronavírus

Notícias falsas compartilhadas pelas redes sociais podem prejudicar a batalha contra o novo coronavírus. No início dos casos, na China, circularam vídeos falsos de pessoas desmaiando nas ruas e outros atribuindo o surgimento a hábitos alimentares dos chineses. O Ministério da Saúde disponibiliza na página saude.gov.br/fakenewscoronavirus uma lista de mitos que circulam pelas redes sociais, como a notícia falsa de que o chá quente é capaz de matar o vírus. O ministério também um número para atendimento pelo WhatsApp: 61 99289-4640. Veja como se informar com segurança na reportagem de Regina Pinheiro, da Rádio Senado, que ouviu o médico infectologista Alexandre Cunha.

Fonte: Agência Senado

Participe, envie sua notícia direto para o nosso Whatsapp.
Powered by