Durante operação sobre morte do prefeito de Granjeiro, foragido da Justiça cearense é preso no Maranhão

Nessa segunda-feira, 27, um homem foi preso, no Maranhão, durante as investigações sobre o assassinato do prefeito de Granjeiro, João Gregório Neto, o “João do Povo”. O suspeito estava foragido da Justiça do Ceará.

A prisão foi confirmada pela Secretaria de Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS), mas não foi informado se o homem participou do assassinato de João Gregório. Ele estava com drogas quando foi detido e era foragido da Penitenciária Industrial Regional do Cariri (Pirc).

Conforme a Polícia Civil do Ceará, a prisão ocorreu durante uma operação que contou com o apoio da Polícia maranhense. O homem estava utilizando os documentos de um irmão. Outro indivíduo que também estava foragido foi capturado.

João Gregório foi assassinado no dia 24 de dezembro do ano passado. Até o momento, o carro utilizado no assassinato do gestor foi apreendido em Teresina, no Piauí. O veículo iria ser revendido. Na ocasião, duas pessoas foram presas.

Recentemente, o titular da SSPDS, André Costa, declarou que “está cada vez mais forte” a tese de que o crime que resultou na morte de João tenha sido por motivos políticos.

RC

Participe, envie sua notícia direto para o nosso Whatsapp.
Powered by