Começa hoje 10 mil testes rápidos para coronavírus em Fortaleza

Começa hoje a pesquisa que vai aplicar cerca de 10 mil testes para avaliar a propagação do novo coronavírus em Fortaleza.

A ação, realizada pelo Governo do Ceará, por meio da Secretaria Estadual de Saúde (Sesa), em uma parceria com a Prefeitura de de Fortaleza e a Federação das Indústrias do Ceará (FIEC), tem como objetivo estudar o impacto do vírus na capital cearense e produzir o inquérito epidemiológico da doença.

Cerca de 120 enfermeiros passaram por treinamento coordenado por equipe da Secretaria da Saúde de Fortaleza. A capacitação ocorreu na Escola de Saúde Pública do Ceará, onde os profissionais de saúde receberam treinamento para aplicação dos testes e sobre os procedimentos de biossegurança.

A expectativa é que cada um dos profissionais que participaram da formação, realizem os testes ao longo das três fases do estudo que ocorrerão nos meses de junho e julho. 

O governador Camilo Santana destaca a importância da pesquisa e faz um comparativo quanto ao alcance, com o restante do país. “É a maior pesquisa epidemiológica do Brasil em número de quantidade. Vamos ter a oportunidade de identificar o número de pessoas já infectadas, que já tiveram coronavírus aqui em Fortaleza. Isso significa que vamos ter uma ideia de percentual de fortalezense, e com isso vamos ter informação mais segura para tomada de decisões, ou de flexibilização ou de abertura para dá mais segurança a população do Ceará. Vai ser fundamental essa pesquisa. Pretendemos fazer essa avaliação em outros municípios mais na frete. No primeiro momento é na capital”, afirmou Camilo.

O intrigante

Participe, envie sua notícia direto para o nosso Whatsapp.
Powered by