Ciro declara que, se paralisação de PMs não for contida, situação pode se alastrar para outros estados

O ex-ministro e ex-governador do Ceará, Ciro Gomes, disse que a paralisação dos policiais militares no Ceará é fruto de “milicialização”. A declaração foi feita em postagem em suas redes sociais, na manhã de ontem, 26.

Conforme o pedetista, a Polícia Militar está a serviço do “nazifascismo do (presidente Jair) Bolsonaro e de sua família”.

Ciro ainda ressaltou que, caso a situação da PM no Ceará não se resolva a tempo, o motim pode ultrapassar as barreiras do Estado e se alastras para outros entes da federação.

Repórter Ceará

Participe, envie sua notícia direto para o nosso Whatsapp.
Powered by