Ciopaer recebe visita do secretário de segurança

Referência nacional quando se trata de unidade aérea de segurança pública, a Coordenadoria Integrada de Operações Aéreas (Ciopaer) recebeu a visita do secretário da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS), Sandro Caron, na manhã desta terça-feira (27). O coordenador da Ciopaer, coronel da Polícia Militar do Ceará (PMCE) Ronaldo Pires acompanhou o gestor que conheceu o trabalho desenvolvido pelos servidores e pelas dez aeronaves da coordenadoria da SSPDS. Atualmente, a Ciopaer é a maior unidade de aviação estadual do Norte/Nordeste, sendo considerada a maior operadora de aeronaves biturbina e homologadas para voo por instrumentos entre os órgãos estaduais brasileiros.

No primeiro momento, Sandro Caron assistiu a uma apresentação feita pelo coordenador coronel Ronaldo Pires, que mostrou todos os recursos operacionais, bases, efetivos e objetivos em curto e médio prazo que a Ciopaer possui. Assim como tem sido em todas as visitas institucionais realizadas nas últimas semanas, o secretário busca ouvir as principais demandas das coordenadorias da SSPDS e dos órgãos vinculados, com o objetivo de melhorar a atuação das forças de segurança do Estado.

“Com essa visita, nós damos sequência a nossa linha de conhecer o dia a dia das nossas unidades que fazem parte da segurança pública. Com isso, viemos a Ciopaer, que é uma referência no país, para aqui conhecermos o efetivo, os homens e as mulheres que trabalham diuturnamente e os equipamentos que estão à disposição da segurança pública. Seguimos dentro dessa linha que visa intensificar a utilização das aeronaves no policiamento preventivo e ostensivo na segurança pública do nosso Estado, dando um enfoque totalmente operacional”, disse Caron, que foi presenteado pelos servidores da Ciopaer com o traje característico do grupamento aéreo cearense.

Ainda nas dependências da Coordenadoria, que está situada no Aeroporto Internacional de Fortaleza – Pinto Martins, o gestor também teve a oportunidade de acompanhar o trabalho de manutenção das aeronaves. Com grande destaque em nível nacional, a Ciopaer traz grande economia aos cofres públicos do Estado ao realizar essas manutenções dentro de seu hangar e com seus próprios profissionais. “A Ciopaer realiza a manutenção das aeronaves e a formação continuada de seus pilotos e tripulações. Já temos vários técnicos formados, atuando conosco e trazendo uma economia de até R$ 500 mil, por ano, ao Estado. Estamos em um processo de formação de mais mecânicos e também em um processo e homologação de oficinas aeronáuticas. As nossas aeronaves têm inspeções preventivas e de reparo que se dão por intervalos de horas de voo, ou por tempo de idade da aeronave. Essa nossa oficina além de ser econômica, também a disponibilidade de imediato das aeronaves, quando comparadas com oficinas terceirizadas”, explicou o oficial.

Voar para proteger e salvar

Além da atividade de policiamento ostensivo e preventivo, o secretário também foi apresentado ao trabalho realizado pelas equipes aeromédicas. As ações são desempenhadas pelos profissionais da Coordenadoria em parceria com servidores do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), graças a um convênio firmado entre a SSPDS e a Secretaria da Saúde (Sesa).

A Ciopaer possui atualmente quatro bases no Ceará, situadas nas cidades de Fortaleza, Juazeiro do Norte, Quixadá e Sobral. Graças a essa expansão e a aquisição de novas aeronaves pelo Governo do Ceará, o tempo médio de resposta de ocorrências no território cearense é de 30 minutos. A coordenadoria dispõe de dez aeronaves, sendo nove helicópteros (um EC130 B4, dois AS350B2 esquilo, três Airbus EC135 e três EC145) e um avião modelo Cessna 210.

Por último, Caron realizou um sobrevoo na Fênix 11. O helicóptero foi apreendido pela Polícia Civil do Estado do Ceará (PCCE) durante as investigações de um duplo homicídio coordenado por um grupo criminoso, na Região Metropolitana de Fortaleza. Recentemente, a aeronave de modelo EC 130B4 de prefixo PR-YHB da Airbus France recebeu a nova adesivação com a identidade visual da Segurança Pública do Ceará. Desde lá, o equipamento, que um dia serviu ao crime, hoje serve à população cearense.

“A importância da visita do Secretário de Segurança é o fato dele conhecer essa versátil ferramenta de segurança pública, que são nossos helicópteros. As aeronaves tanto são empregadas no combate direto à criminalidade, como também no processo de inibição do cometimento de crimes. Essas ações preventivas com o helicóptero são muito eficazes, assim como as ações repressivas de combate ao crime. O transporte de tropas para longas distâncias também é fundamental para as forças de segurança. Por outro lado, temos o atendimento pré-hospitalar, que atua na área dos resgates, como afogamentos e etc. Além do transporte inter-hospitalar que é realizado pelo Samu”, disse o coordenador da Ciopaer.

ASCOM

Participe, envie sua notícia direto para o nosso Whatsapp.
Powered by