Capitão Wagner escala advogada como vice; convenção será hoje

A advogada e militante de causas sociais Kamila Cardoso Ribeiro, filiada ao Podemos, do senador Eduardo Girão, será a candidata a vice-prefeita na chapa que terá como postulante a prefeito o deputado federal Capitão Wagner (Pros). A aliança, que envolve cerca de oito partidos, vai realizar, hoje, a partir das 9h, a convenção para oficializar a dupla na disputa pela sucessão municipal na Capital. A definição do nome ocorreu ontem após um período de negociações para agregar outros partidos à aliança. As negociações, segundo o deputado Capitão Wagner, continuam até o fim do prazo para filiações partidárias, entretanto, qualquer definição daqui para frente é apenas programática, sem envolver os dois cargos da chapa que estão definidos com todos os paridos da aliança que já estão unidos até aqui.

Aposta em novo perfil

A indicação da candidata a vice vem do Podemos que já tem a coordenação de campanha, feita pelo senador Eduardo Girão, informação dada também com exclusividade por esta coluna no dia 7 de julho. O partido, portanto, assume papel importante na campanha que já começa com o peso de um candidato com o maior recall entre os concorrentes durante todo o período pré-eleitoral. Kamila Cardoso atua fortemente na causa social por acessibilidade e inclusão para pessoas com deficiência. Ela já havia lançado sua pré-candidatura a vereadora da Capital, mas acabou escolhida pela aliança para o cargo majoritário. É uma aposta em um perfil novo, distante da política tradicional e que agrega valores à chapa.

Articulações em andamento

As últimas articulações em busca de trazer um partido de peso para a chapa não tiveram êxito, pelo menos por enquanto para o candidato do Pros. Os diálogos com DEM e PSDB, entretanto, vão continuar até o limite do prazo para as convenções. A dupla informou ao candidato do Pros que sua decisão deve sair até o dia 15 de setembro e que se for se agregar ao projeto irá sem a necessidade de indicação do candidato a vice. As articulações, em todas as chapas, serão feitas até o limite do prazo do calendário eleitoral.

Detalhes da convenção

A coligação do Pros terá ainda Podemos, Republicanos, Avante, PSC, PMN, Podemos, PTC e PMB. A convenção ocorrerá hoje, de forma presencial, mas o partido garante que não haverá aglomerações. Cada um dos candidatos deverá ir ao local – um colégio no Centro da Capital – assina a ata da convenção e deixa o local. Às 9h, a chapa majoritária fará um pronunciamento transmitido por meio das redes sociais para oficializar a candidatura e às 9h30 haverá uma coletiva de imprensa no mesmo local.

DN

Participe, envie sua notícia direto para o nosso Whatsapp.
Powered by