Brasil sobe dez posições em ranking de países com maior risco climático

O país passou de 89º para 79º em 2017, na comparação com 2016

Eventos extremos como secas e chuvas intensas, com deslizamentos de terra, têm sido cada vez mais frequentes no Brasil e já deixam o País numa situação mais vulnerável em termos de perdas. É o que mostra a nova edição do Índice Global de Risco Climático, elaborado pela organização Germanwatch e lançado nesta terça-feira (4) na Conferência do Clima da ONU que ocorre em Katowice (Polônia).

O Brasil subiu dez posições no ranking de países mais impactados por eventos climáticos extremos, passando de 89º para 79º em 2017, na comparação com 2016.

O ano passado, de acordo com o levantamento, foi o campeão em perdas relacionadas ao clima. Pelo menos 11.500 pessoas morreram em decorrência de eventos climáticos extremos, que levaram a prejuízos de cerca de US$ 375 bilhões.

O principal vetor das perdas e danos foi a temporada de furacões particularmente forte que atingiu o Mar do Caribe. Tanto que Porto Rico e Dominica foram os países que, respectivamente, ocupam o primeiro e o terceiro lugar no ranking. Ambos foram fortemente atingidos pelo furacão Maria, um dos furacões que mais causou mortes e prejuízos já registrados.

“Tempestades recentes com níveis de intensidade nunca antes vistos tiveram impactos desastrosos”, afirmou David Eckstein, da Germanwatch, principal autor do índice, em comunicado distribuído à imprensa.

O segundo país no ranking foi o Sri Lanka. Lá, chuvas excepcionalmente fortes causaram inundações que mataram 200 pessoas e deixaram centenas de milhares de pessoas desabrigadas. Esse tipo de evento – tempestades e suas diretas implicações, como inundações e deslizamentos de terras – foi a principal causa de dano em 2017. Entre os dez países mais afetados, quatro foram atingidos por ciclones tropicais.

Apesar de os países em desenvolvimento estarem entre os mais afetados e também serem os que mais têm dificuldade para se recuperar (oito dos dez mais afetados são nações com baixa renda), o aumento do risco também se observa em países ricos. Portugal, por exemplo, passou da 21ª posição no ranking em 2016 para a 11ª na edição deste ano, por causa dos incêndios florestais. No caso dos Estados Unidos, a mudança foi ainda maior: saltaram da 28ª posição para a 12ª, também como reflexo dos furacões.

De 1998 a 2017, Porto Rico, Honduras e Mianmar foram as nações mais afetadas, de acordo com o índice de longo prazo. Neste período, globalmente mais de 526.000 mortes foram diretamente ligadas a mais de 11.500 eventos climáticos extremos. Os danos econômicos foram de aproximadamente US$ 3,47 trilhões.

Para o futuro, a tendência é que esses eventos piorem no mundo inteiro com a intensificação das mudanças climáticas, alerta o relatório. Com informações do Estadão Conteúdo.

 

No Responses

  1. Pingback: Order Viagra Online 08/05/2020
  2. Pingback: online ed medications 17/05/2020
  3. Pingback: gnc ed pills 20/05/2020
  4. Pingback: ed medication 24/05/2020
  5. Pingback: generic cialis 28/05/2020
  6. Pingback: online pharmacy 05/06/2020
  7. Pingback: cvs pharmacy 10/06/2020
  8. Pingback: cialis online 12/06/2020
  9. Pingback: cialis visa 16/06/2020
  10. Pingback: vardenafil pill 18/06/2020
  11. Pingback: vardenafil usa 22/06/2020
  12. Pingback: corey zieman reviews 24/06/2020
  13. Pingback: vardenafil 20mg 25/06/2020
  14. Pingback: betfair casino online nj 30/06/2020
  15. Pingback: casino online usa 02/07/2020
  16. Pingback: sildenafil generic 04/07/2020
  17. Pingback: online casino real money us 06/07/2020
  18. Pingback: online casino for real cash 08/07/2020
  19. Pingback: tadalafil canadian pharmacy 11/07/2020
  20. Pingback: personal loans 13/07/2020
  21. Pingback: cash payday 16/07/2020
  22. Pingback: loans for bad credit 19/07/2020
  23. Pingback: wholesale fake watches 19/07/2020
  24. Pingback: viagra for sale 22/07/2020
  25. Pingback: golden nugget online casino 24/07/2020
  26. Pingback: best real money online casinos 24/07/2020
  27. Pingback: 20 cialis 25/07/2020
  28. Pingback: latest bonus casino 27/07/2020
  29. Pingback: live roulette no deposit required 27/07/2020
  30. Pingback: real money casino 28/07/2020
  31. Pingback: 4junk.info 28/07/2020
  32. Pingback: new cialis 29/07/2020
  33. Pingback: 20 cialis 31/07/2020
  34. Pingback: generic for cialis 03/08/2020
  35. Pingback: live result sgp hari ini 06/08/2020
  36. Pingback: cialis internet 06/08/2020
  37. Pingback: best online casino for money 09/08/2020
  38. Pingback: axiolabs dbol reviews 12/08/2020
  39. Pingback: best online casino real money 13/08/2020
  40. Pingback: real casino 17/08/2020
  41. Pingback: chumba casino 21/08/2020
  42. Pingback: Glock 26 GEN 5 23/08/2020
  43. Pingback: viagra 100mg 24/08/2020
  44. Pingback: sildenafil 20 mg 26/08/2020
  45. Pingback: generic viagra online 27/08/2020
  46. Pingback: cheap viagra online 29/08/2020
  47. Pingback: viagra 29/08/2020
  48. Pingback: buy viagra cheap 31/08/2020
  49. Pingback: purchase viagra online 03/09/2020
  50. Pingback: buy viagra online canada 05/09/2020
  51. Pingback: tadalafil 10mg 05/09/2020
  52. Pingback: viagra no prescription 06/09/2020
  53. Pingback: casino real money 15/09/2020
  54. Pingback: can you buy viagra online yahoo 16/09/2020
  55. Pingback: vegas casino online 18/09/2020
  56. Pingback: buy generic viagra from canada 19/09/2020
  57. Pingback: buy generic viagra 21/09/2020
  58. Pingback: how do i buy viagra online 24/09/2020
  59. Pingback: http://viagraeiu.com/ 29/09/2020
  60. Pingback: http://www.stdstory.com/ 30/09/2020
  61. Pingback: where to buy Viagra 25mg 04/10/2020
  62. Pingback: viagra for men 04/10/2020
  63. Pingback: buy hydroxychloroquine 07/10/2020
  64. Pingback: https://www.wisig.org/ 07/10/2020
  65. Pingback: http://lm360.us 09/10/2020
  66. Pingback: cost of lasix 40 mg 12/10/2020
  67. Pingback: viagra with no prescription 13/10/2020
  68. Pingback: ampicillin 250mg united kingdom 17/10/2020
  69. Pingback: antabuse 250mg cheap 18/10/2020
Participe, envie sua notícia direto para o nosso Whatsapp.
Powered by