Bolsonaro acusa ex-ministro Sérgio Moro de traição e de chantagista

O presidente da República Jair Bolsonaro, em pronunciamento na tarde desta sexta-feira,  24, fez um relato de relação com ex-ministro Sérgio Moro. 

Segundo Bolsonaro,  ele conheceu Moro aínda no segundo turno. ” Estou decepcionado com ex-ministro. Dei carta branca a todos os nossos ministros, porém disse que queria uma certa autonomia em algumas escolhas, prerrogativa do presidente da República”, relatou Bolsonaro. 

Ainda em seu discurso,  diz está sendo perseguido por poderosos. Além de criticar os partidos de esquerda. 

Continua 

Bolsonaro diz que sua família está sendo perseguida. Diz que cobrou de Moro e a  Polícia Federal que descobrisse  o acusado contra sua vida, mas só se interessados no caso Marielle.

Em conversa particular, presidente acusa Moro de exigir cargo no Supremo Tribunal Federal, sendo recusado. 

Em outro momento, Bolsonaro diz que ex-ministro quer seu lugar no Palácio do Planalto.

Fonte: O intrigante

Participe, envie sua notícia direto para o nosso Whatsapp.
Powered by