André Fernandes tem mandato suspenso por 30 dias

O mandato do deputado estadual André Fernandes foi suspenso por 30 dias. A decisão foi do Subconselho de Ética da Assembleia Legislativa do Ceará, que aprovou o relatório da deputada estadual Augusta Brito (PCdoB) de forma unânime. Os únicos que não votaram foram Acrísio Sena (PT), que havia discutido com André em plenário e Fernanda Pessoa (PSDB), que não compareceu à reunião.

Agora, o relatório seguirá para o Conselho de Ética e, caso seja aprovado, o processo vai para as mãos do presidente da ALCE, deputado estadual José Sarto (PDT), que passará para a Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da Casa. Por sua vez, a comissão irá averiguar se o rito procedeu corretamente, se houve algum desvio ou não. Se o trâmite tiver sido devidamente cumprido, o processo irá para Plenário.

Mesmo que o trâmite seja considerado longo, os parlamentares da ALCE consideram que o caso será encerrado ainda neste ano.

Redação

Participe, envie sua notícia direto para o nosso Whatsapp.
Powered by