Abertas inscrições para I Encontro Estadual de Mulheres na Política da AL

Estão abertas as inscrições para o I Encontro Estadual de Mulheres na Política realizado pela Assembleia Legislativa do Ceará, por meio da Procuradoria Estadual da Mulher. O evento acontecerá nos dias 23 e 24 de março, de 8h às 17h, no Auditório Murilo Aguiar. As inscrições são gratuitas e podem ser feitas no site da Casa.

O encontro foca em temáticas voltadas para o público feminino atuante da vida política partidária ou não, e abordará temas como marketing político e propaganda eleitoral, cota e participação de mulheres no sistema político e liderança feminina. O evento contará com juristas, profissionais da comunicação, parlamentares e professores.

O presidente da Assembleia, deputado José Sarto (PDT), reforça os compromissos da gestão de abrir o Legislativo Estadual para pautas inclusivas e de fomento da participação popular. “Precisamos garantir espaços qualificados de discussão na sociedade cearense. Essa é uma oportunidade de estimular e preparar as mulheres para uma atuação mais ampla na vida política do nosso Estado”.

Entre as palestrantes confirmadas estão a juíza eleitoral do Tribunal Regional Eleitoral do Ceará (TRE-CE), Kamile Moreira Castro; a professora da Universidade Federal de Goiás (UFG), Dra. Isabelli Chehab, e a Mestre em Direito Constitucional  pela Unifor e Especialista em Marketing político e Eleitoral pela PUC/ SP, Katarina Brasil.

O público alvo são mulheres com mandato, candidatas a cargo eletivo, componentes de associações comunitárias, conselhos, fóruns e coletivos de mulheres em geral, movimentos de mulheres negras, indígenas, de todas as áreas e àquelas interessadas no tema.

“O evento visa garantir a participação plena e efetiva das mulheres em todos os espaços de poder, a igualdade de oportunidades para a liderança em todos os níveis de tomada de decisão na vida política, econômica e pública, além do fortalecimento de políticas sólidas e  promoção da igualdade de gênero e o empoderamento de todas as mulheres e meninas”, explica a deputada Augusta Brito (PCdoB), Procuradora Especial da Mulher da Assembleia Legislativa.

AL.

Participe, envie sua notícia direto para o nosso Whatsapp.
Powered by